SELETIVA GRAVINA

SELETIVA-GRAVINA-02

SELETIVA GRAVINA

1-PARA PARTICIPAR

1.1 Basta enviar a música a ser gravada para producao@dellaprod.com.br via WETRANSFER;

1.2 Enviar para o mesmo email um release e links de shows ou músicas já gravadas;

1.3 Não enviar nenhum arquivo anexado no email, tudo via link para acesso via rede

1.4 A escolha ficará a critério de uma curadoria interna do estúdio

1.5 Serão escolhidas 12 bandas em 2018 e gravadas uma banda por mês nas seguintes datas:

  • 29 de janeiro
  • 26 de fevereiro
  • 26 de março
  • 30 de abril
  • 28 de maio
  • 25 de junho
  • 30 de julho
  • 27 de agosto
  • 24 de setembro
  • 29 de outubro
  • 26 de novambro
  • 17 de dezembro

As datas poderão ser alteradas sem aviso prévio. Caso a banda não possa, o estúdio pode escolher um outro participante.

1.6 Não esqueça de compartilhar nossos posts do FACEBOOK e do INSTAGRAM, marcando com #SELETIVAGRAVINA, isso é pré requisito. Vamos lá, isso é apenas uma pequena parte, a cena autoral precisa da ajuda de todos.

 

2-O SELECIONADO

O selecionado para gravar deverá seguir as seguintes regras:

2.1-A gravação acontecerá durante 8 horas de gravação num mesmo dia, de acordo com as datas acima. Caso seja um artista solo, o mesmo deverá trazer a banda completa para gravação, todos num mesmo dia. O artista deverá trazer os instrumentos caso o estúdio não tenha ou sob o critério do artista.

2.2-A produção será feita pelo produtor do estúdio Fábio Della. Os técnicos de gravação serão do estúdio, não permitido a banda utilizar técnicos próprios;

2.3-A mixagem será feita na DellaProd sem a presença da banda e será enviada via email para analise do artista. Caso haja necessidade de recall, o artista deverá enviar as observações por email e na sequencia será agendado um horário para fazer os ajuste em estúdio e finalizar a mixagem. Será feito no máximo um recall de mixagem;

2.4- A masterização será feita também na DellaProd e enviada para banda em dia a ser agendado posterior a mixagem. Será feito no máximo um recall de masterização;

2.5- O selecionado deverá assinar este termo, o qual será entregue impresso no dia do comunicado da seleção.

 

3-DOS DIREITOS

3.1-O compositor/autor e o artista deverá(ão) autorizar por escrito e assinado a gravação e posterior divulgação via site, redes sociais e plataformas de streaming (spotify, Deezer, Youtube, etc…), tudo sem fins lucrativos e em nome do projeto;

3.2-A música deverá ser inédita e sem inserções de músicas de terceiros, já publicadas ou lançadas;

Share : facebooktwittergoogle plus
pinterest

ZONA DESCONFORTO SESSIONS

LOGO-BASICO

E ai galera, aqui é Fábio Della, produtor da DellaProd. Este post apresenta um projeto que há muito tempo eu pensava em realizar, dentre tantos outros que virão, e agora com nosso novo estúdio isso foi possível, seu nome é ZONA DESCONFORTO SESSIONS!

Com base em uma parceira multidisciplinar, produzimos uma temporada com 10 programas (audiovisuais) de música e entrevistas, com o objetivo de fomentar a cena autoral. Todo conteúdo será publicado nas plataformas digitais de vídeo. Cada programa terá duração média de 6 minutos com 01 artista convidado. O artista concederá pequenas entrevistas, que serão intercaladas por apresentações, em formato duo, de trechos de algumas músicas autorais do seu repertório. Além dos programas, também lançaremos 01 (um) CD com todos artistas participantes no final.

Gravamos a temporada toda entre os dias 26 de maio e 03 de junho deste ano e tivemos a participação de Maurinho e os Mauditos, Carne Nua, Borba, Monocine, O Caso, Péricles Garcia, Rover One, Daparte, Bronnco Billy e Paim. Foi uma grande festa, com direito a música da melhor qualidade em vários estilos, muita amizade, alegria e confraternização, dá uma sacada nas fotos.



O Programa vai ao ar no dia 30 de julho aqui na página da DellaProd, acompanhe pelas redes sociais @dellaprod (Instagram), ou Estúdio DellaProd (Facebook), que vc será devidamente informado de todos os passos, inclusive para saber quando serão abertas as inscrições da segunda temporada.

A produção do programa é uma parceria da DellaProd (Áudio) com a Infinitu Films (Vídeo) e Mentes Sociais (divulgação).

Share : facebooktwittergoogle plus
pinterest

Tão Deserto Quanto Eu

MONOCINE - TAO DESERTOForam necessários meses em estúdio para gerar o álbum “Tão Deserto Quanto Eu”, o primeiro da promissora Monocine, banda mineira formada por Fábio Della (vocal e guitarra), Felipe Brant (baixo), Hamilton Soares (teclados) e Nenel Neto (bateria).

Radicado em Belo Horizonte há cinco anos, Fábio Della é catarinense e ficou conhecido por seu trabalho à frente do grupo Aerocirco. É ele quem assina as 10 composições do disco, gravado nos estúdios Mix e Ultra, entre novembro de 2014 e março deste ano.

Sem pedir licença, “Deixa Eu Entrar” abre os trabalhos com pegada rock e é seguida pela ótima “Tão Deserto Quanto Eu”, que dá nome ao álbum. “Somos” tem levada sexy de baixo e bateria e fala sobre erro, força, entrega, amor e dor.

Guiada pelo Harmonium Organ – o mesmo de “Cry Baby Cry”, dos Beatles -, a arrepiante balada “Antes Tudo Fosse Assim” retrata o período em que a filha do vocalista ficou entre a vida e a morte no hospital. O instrumental passa os sentimentos de medo da perda e de vibração pela cura.

“Há de Ser” é uma porrada sonora, e “Enquanto Nós” fala do quanto o ser humano precisa viver junto de quem ama. É triste nas estrofes e pra cima nos refrões, quando fala de como nos sentimos quando estamos juntos.

As próximas três músicas – “Se é Sincero”, “Lembro de Você” e “Fábrica dosVivos” – têm andamento acelerado e perfeita simetria entre guitarra, baixo e bateria, uma das marcas da banda. O lindo country/rock “O Peso é Leve” fecha o álbum com chave de ouro e com direito a harmônica e lap steel em várias partes da canção.

Sobre o nome do disco, Fábio Della é enfático. “É como encaro a música, como um deserto, que seja gelado quando for frio, e muito quente quando for calor. Se for para gritar que se grite, e que o meu grito distorcido soe bem. Que a canção seja uma poesia e que eu a declame, pois estou cheio dessas músicas que emburrecem”. Um álbum forte, verdadeiro e, principalmente, vivo, em que arranjos e letras estão para as músicas como a alma está para o corpo. (Texto de Nenel Neto)

Enquanto TÃO DESERTO QUANTO EU era um projeto embrionário, a Monocine foi convidada para participar da coletânea em homenagem ao 40 anos dos Engenheiros do Hawaii. A versão de Refrão de Bolero parte de um simples dedilhado de guitarra e termina como um explosão tão intensa quando um soco, vale a pena conferir AQUI.
O ep AR COMPRIMIDO, traz as primeiras quatro faixas gravadas para TDQE. A banda lançou as quatro músicas do EP separadamente e sequencialmente com intervalos de 15 dias. O objetivo foi apresentar a banda ao seu público a conta gotas, com toda singularidade que cada música merece.
Tão Deserto Quanto Eu é a consolidação de um ano de trabalho, somando mais seis músicas às quatro lançadas no AR COMPRIMIDO. Como se pode ouvir, o CD começa sem pedir licença cantando no mais alto tom DEIXA EU ENTRAR e terminando num COUNTRY ROCK inebriante chamado O PESO É LEVE.

Share : facebooktwittergoogle plus
pinterest